img-post-invest

Marketing Digital para PMEs: Por que é importante?

Uma coisa se sabe do mercado: ele sempre está em constante mudança, evolução. Alguns empreendedores se dão ao luxo de não utilizar o marketing digital nas pequenas empresas (bem como nas médias e microempresas), devido, principalmente, a dois motivos: não entendem como funciona ou não há verba específica para essa ação. No artigo de hoje vamos explicar a importância do marketing digital para PMEs que buscam crescer, aumentando as vendas e o alcance da marca.

Marketing Digital para Pequenas Empresas: Por que é importante?

Algumas estatísticas da Web

Antes de entrarmos em detalhe sobre o porquê do investimento na publicidade digital, conheça estatísticas que ilustram um pouco do cenário:

– A 11ª edição da pesquisa TIC Domicílios (2015) constatou que cerca de 58% dos brasileiros usam a internet, sendo a maior parte dos acessos por dispositivos móveis (smartphones e afins). E a tendência é o crescimento constante dos usuários na web!

– O estudo “Varejo no Brasil” mostrou que quase todas as pessoas utilizam a internet em alguma etapa da compra (pré-compra ou pesquisa, no momento de efetuar a compra ou na pós-compra). Quer mais que isso?

– 102 milhões de brasileiros se conectam no Facebook mensalmente, tornando-a a rede social mais usada no Brasil. Em 2016, o Instagram foi a segunda rede social mais visitada, com 35 milhões de usuários só em nosso país.

Vale citar que, num plano de marketing, tudo isso pode ser integrado, tornando as estratégias mais efetivas e com maior alcance para empresas de pequeno e médio porte.

Por que o Marketing Digital é essencial para PMEs?

Como já dissemos anteriormente, a competição para aumentar a fatia de mercado que cada empresa possui é enorme. E o primeiro ponto relevante que o marketing digital para pequenas e médias empresas desempenha é aumentar o alcance da marca, tornando-a mais competitiva.

Aumenta a presença e o alcance do seu negócio

Imagine que você não invista em publicidade online ou invista pouco, sem ter muito controle sobre aquilo. O seu concorrente, nesse exato momento, pode estar planejando uma campanha de Google AdWords que abrangerá o local onde seu empreendimento está localizado.

Portanto, no fim das contas, pessoas que procurarem por produtos e serviços similares ao seu em sua região, terão muito mais chances de encontrar o endereço online de seu concorrente. Essa situação seria diferente se os seus esforços de links patrocinados (anúncios pagos que ficam no topo das páginas, quando algo é pesquisado no Google), conteúdo (blog, matérias, artigos) e SEO (ações para que seu site apareça entre os primeiros sem precisar pagar por anúncios)… O que nos leva ao segundo ponto:

Mais visitas = mais chances de venda

Tendo um plano de marketing eficiente, a captação de leads é funcional, ou seja, há estratégias para que os visitantes deixem seus dados, possibilitando negociações e contatos futuros.

Fora isso, a credibilidade passada por um site de qualidade ajuda muito na decisão de compra: usuários que encontram uma boa identidade visual e informações relevantes disponíveis pelas páginas do website atribuem valor à empresa.

Vamos a uma analogia:

Você fecharia negócio com alguém claro, conciso e que tenha propriedade no assunto ou optaria por aquele que é confuso e não passa informações relevantes? O website é a fachada online do empreendimento!

Tudo pode ser mensurado

A ferramenta Google Analytics permite que tudo o que acontece no site seja medido e, consequentemente, analisado por uma equipe especializada.

Exemplos do que é possível medir:

– De onde vem o usuário;

– Quanto tempo ele permanece em cada página;

– Quais ações ele realiza (viu um vídeo, baixou uma apresentação, clicou na aba “Sobre nós”);

– Entre outras possibilidades.

A mensuração serve para que tendências sejam analisadas e, assim, descubra-se o que dá tem dado mais certo para cada segmento corporativo.

O ROI, ou Retorno sobre Investimento, também pode ser medida, logo, você verá detalhadamente o quanto investiu e o quanto esse investimento trouxe em lucro para seu negócio.

É possível segmentar o público

As estatísticas citadas no começo do texto chamam a atenção, não é mesmo?

Uma das melhores partes do marketing digital, é que ele permite a segmentação do público em anúncios na rede de pesquisa (Google) e nas redes sociais. É possível determinar a região que será impactada pelos anúncios, a faixa etária, os horários e dias da semana que a campanha ficará disponível etc.

Por isso é FUNDAMENTAL conhecer seu público consumidor, ainda mais se tratando de PMEs.

A descoberta de seu público alvo faz com que a campanha seja aproveitada ao máximo, trazendo ainda mais resultados!

Flexibilidade no montante de investimento

As agências têm um custo fixo para produzir templates, sites e administrar campanhas. Porém, o investimento mensal em anúncios pagos (seja na Rede de Display, Rede de Pesquisa, Facebook ou Instagram) pode variar de acordo com as necessidades momentâneas.

O fluxo de caixa não está bom nesse mês? Tem como diminuir a verba dos links patrocinados quando desejar!

É mais barato, se comparado à publicidade tradicional

O marketing digital para pequenas empresas possui custos bem mais baixos, se comparados aos métodos tradicionais, como a televisão, por exemplo.

Uma grande companhia destina milhões para propaganda. As PMEs vivenciam outra realidade: é preciso fazer muito, com pouco!

A flexibilidade também está presente neste tópico, uma vez que agências precisam se adaptar a orçamentos pequenos.

Concluindo

A complexidade do tema exige profissionais qualificados, uma vez que se trabalha com uma grande diversidade de ferramentas online. Além disso, é necessário entender a importância do investimento em marketing digital: atrair e fidelizar clientes, principalmente em tempos de crise, deve ser prioridade para empreendedores cujo objetivo é o crescimento de sua empresa.

Continue acompanhando o nosso blog para mais novidades!



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *