Mobile Marketing

Tudo o que você precisa saber sobre mobile marketing

Mobile Marketing nada mais é do que um conjunto de técnicas e ferramentas de marketing e comunicação planejadas para os dispositivos móveis. O principal objetivo das companhias com a estratégia é proporcionar mais praticidade ao usuário e, de quebra, aproximá-lo mais de sua marca.

Mobile Marketing

Um levantamento recente realizado pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mostrou que os aparelhos móveis são o principal meio de acesso à internet no Brasil, ultrapassando as conexões feitas via computadores.

A mudança de comportamento do consumidor, que utiliza celulares e afins para pesquisar ou fazer compras on-line, fez com que muitas empresas passassem a considerar o mobile marketing como parte da sua estratégia.

Em 2015, cerca de 15% dos brasileiros que acessaram a internet em celulares e tablets realizaram pelo menos uma compra. O dado é do relatório Digital, Social & Mobile.

A popularização do mobile é tanta que os sites preparados para os dispositivos móveis ganharam preferência nos resultados de pesquisa do Google. Uma das últimas atualizações do buscador, apelidada de Mobilegeddon, favorece as plataformas responsivas, principalmente quando uma pesquisa é feita via smartphone.

Isso significa que não basta focar em ações isoladas para o mobile, apenas. É preciso preparar seu site e outras plataformas já existentes para esse formato de navegação.

A seguir, veja alguns tipos de campanha mobile que continuarão em alta em 2018, acompanhe:

Tendência de Mobile Marketing para 2018

Mobile Marketing1

1 – Aplicativos de Compra

Como falamos anteriormente, o consumo pela internet é uma realidade consolidada no Brasil. E muitos usuários fazem buscas relacionadas à compras via tablets e smartphones (Segundo o Google, houve um aumento de 30% nos últimos anos).

Por isso, uma forte tendência para este ano é que os apps de compras melhorem a sua interface e tentem entender de forma mais complexa como são realizadas as pesquisas. A intenção é transformar o processo de busca e compra pelos dispositivos móveis ainda mais rápido e fácil.

2 – Geolocalização

A segmentação de público é uma das principais vantagens do universo digital. E um dos filtros permitidos na implementação de anúncios é a localização. Percebendo que muitos usuários fazem buscas procurando por produtos e serviços que estejam próximos, as marcas passaram a dar preferência para esse perfil de campanha, que leva em consideração a posição do consumidor.

3 – Internet das coisas (IOT)

A Internet das Coisas tem como principal objetivo conectar equipamentos eletrônicos do cotidiano, como eletrodomésticos, à internet. Assim, com a união de sistemas mobile e aplicações específicas será possível analisar se está faltando algo na sua geladeira diretamente no smartphone, por exemplo.

Veja também: Por que otimizar o seu site para os dispositivos móveis?

4 – Vídeos

Os vídeos chegaram para ficar! Prova disso é que, cada vez mais, as plataformas aprimoram os seus recursos para a exibição e gravação de imagens. Além disso, os filmes proporcionam uma interação maior com os internautas.

De acordo com o Youtube, mais da metade de suas visualizações são feitas em dispositivos móveis. De olho nesse atual cenário, cada vez mais as empresas estão investindo em anúncios e campanhas em formato de vídeos também para o mobile.

5 – Interfaces distintas de acordo com a idade dos usuários

Os anúncios que aparecem para os internautas quando eles navegam pela web levam em consideração as preferências de cada um. Neste ano, será possível experimentar interfaces diferentes conforme a idade do usuário.

Por exemplo, se o internauta for mais idoso ele vai poder experimentar um menu com letras maiores. Ou seja, um design responsivo de acordo com a faixa etária.

Quer saber mais? Não deixe de acompanhar o nosso blog!

button_envie-suas-duvidas-sobre-marketing-digital



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *